Polícia Civil deflagra operação para prender mandantes da morte de Cowboy e Mirian, em Monte Negro

Polícia Civil deflagra operação para prender mandantes da morte de Cowboy e Mirian, em Monte Negro
Polícia Civil deflagra operação para prender mandantes da morte de Cowboy e Mirian, em Monte Negro

Na manhã desta terça-feira (23) a Polícia Civil de Rondônia, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Monte Negro, com apoio operacional das Delegacias de Polícia Civil de Buritis, de Ariquemes e de Porto Velho deflagraram a Operação Vendetta. A Operação cumpre 4 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão relativo as investigações da morte de Eberson Mendes, conhecido por Cowboy e da morte de Mirian Francisco, esposa de Cowboy.

Cowboy foi morto com 6 tiros na cabeça quando chegava em casa na noite do dia 31/03/2020, já sua esposa, Mirian, foi morta 12 dias depois, no dia 12/04/2020, na casa dos seus pais com disparos de arma de fogo quando estava no quarto descansando (veja aqui

Durante as investigações da Polícia Civil restou apurado que as mortes de Cowboy e de sua esposa Mirian possuíam relação e a motivação foi que recaia sobre Cowboy o triplo homicídio ocorrido no dia 13/03/2020 em Monte Negro, vitimando: Vanuza, seu irmão Rubens e o companheiro de Vanuza, Abel, sendo que Vanuza e Rubens são pertencentes a conhecida Família Mato Grosso de Monte Negro (veja aqui).

Segundo a Polícia Civil, ficou apurado que a Família Mato Grosso na qual Vanuza e Rubens pertenciam, atribuíram a Cowboy participação no triplo homicídio e como vingança foi orquestrada a morte de Cowboy e de Mirian.

O nome da Operação Vendetta faz alusão a palavra italiana vendetta que em português significa vingança, sendo que a motivação das mortes foi a vingança perpetrada pelos alvos desta investigação e operação policial.
 


Fonte:Rondoniavip