Políciais

Pai é preso após confessar ter estuprado filha de 12 anos em distrito de RO

Publicado dia 22/05/2019 às 12h06min | Atualizado dia 24/05/2019 às 17h43min
Prisão ocorreu no início desta semana, mas a Polícia Civil divulgou o caso nesta terça-feira (21). Homem, de 34 anos, disse ter cometido o crime após chegar em casa embriagado.

Um agricultor, de 34 anos, foi preso em flagrante após confessar ter estuprado a própria filha, de 12 anos. O caso foi registrado no distrito de Bom Jesus no início desta semana, mas a Polícia Civil divulgou o crime nesta terça-feira (21).

A menina foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exames. Já o homem foi levado até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Jaru (RO), município a cerca de 290 quilômetros de Porto Velho, local onde a ocorrência foi registrada.

Tudo aconteceu após denúncias serem repassadas à polícia de Jaru. Assim que chegou na região indicada, a guarnição da Polícia Militar (PM) soube por populares onde o suspeito vivia. Mas ao chegarem na residência, não encontraram ninguém.

Foi quando o grupo policial se deparou com o homem andando na rua ao sair da casa e, na sequência, o abordou. De início ele negou ter cometido o crime. A PM, então, descobriu com testemunhas onde a vítima estava. Ela foi achada na casa de um vizinho.

Em breve depoimento, a garota disse que o próprio pai foi quem a estuprou. De acordo com ela, o crime aconteceu na noite anterior depois que o agricultor chegou em casa agressivo. A menina disse que o pai aparentava ter ingerido bebida alcoólica.

Para que não fosse estuprada, a menina pediu que seu irmão e o primo permanecessem acordados, pois ela teria sofrido uma tentativa de estupro dias antes pelo pai enquanto ele estava embriagado. Ainda segundo relato da vítima no boletim, o suspeito determinou que os meninos fossem dormir, enquanto ela teria que ficar no mesmo quarto que o suspeito.

O estupro ocorreu depois que a menina seguiu ao quarto com o pai, segundo informações da garota na ocorrência. A vítima reagiu e, com isso, o homem começou a agredir com um cabo de vassoura e tapas. Ele ainda a ameaçou dizendo que, caso contasse algo para alguém, "cortaria a língua" dela.

Questionados sobre os fatos, o irmão e o primo da garota confirmaram todo o relato, já que, ainda segundo o registro policial, os meninos testemunharam o crime.

A polícia não encontrou outro responsável pelo trio, além do pai da vítima. Um dos garotos, o primo da menina, contou que a mãe dela viajou para o Rio de Janeiro (RJ) e que os três ficaram sob os cuidados do suspeito.

O homem resolveu confessar que estuprou a própria filha depois que a menina e os outros dois meninos contaram o caso à polícia, mas alegou que "só teria feito tal ato, pois estava sob o efeito de álcool".

A PM acionou o Conselho Tutelar da região e os meninos foram levados até a Unisp, além do homem. A vítima seguiu ao IML da cidade para exame.

O delegado de plantão determinou a prisão em flagrante do agricultor por estupro de vulnerável. O caso é investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher de Jaru.

Fonte: Por G1 Ariquemes e Vale do Jamari


Fale Conosco

Avenida Marechal Rondon, 1218 Ji-Paraná
| | (99) 92598-8069
somnativo1@gmail.com