Plantão
geral

Descendentes europeus realizam 8ª Festa da Cultura Pomerana no 37º aniversário de Espigão do Oeste

Publicado dia 19/06/2018 às 13h59min
A Pomerânia foi extinta no século passado e agregada a uma região da Alemanha por ocasião da 2ª Guerra Mundial

A maior comunidade pomerana em Rondônia encerrou no domingo (17) as comemorações da 8ª Festa da Cultura Pomerana com ampla atividade cultural, esportiva, recreativa e religiosa em Espigão do Oeste. O governador Daniel Pereira participou de atividades comemorativas do 37º aniversário do município e prestigiou a solenidade de abertura da festa europeia, no sábado (16).

A festa pomerana tem o objetivo de preservar a identidade cultural do povo europeu, como os hábitos, costumes, gastronomia e religião, por exemplo. A abertura da festa, conduzida pela presidência da Associação dos Pomeranos, se deu na língua oficial pomerana com tradução ao português. A realização de um culto solene também teve o mesmo protocolo, no domingo.

O governador Daniel Pereira participou de várias ações da vasta programação comemorativa e destacou na solenidade oficial de abertura que o povo pomerano tem o apoio do governo estadual. “Por dois anos consecutivos a cultura pomerana pode ser mostrada a Rondônia e representantes de 10 países durante a Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná. Apoiamos a preservação da cultura.”

A Pomerânia foi extinta no século passado e agregada a uma região da Alemanha por ocasião da 2ª Guerra Mundial, o que serviu de motivação aos pomeranos a emigraram para as Américas do Norte e do Sul. No mundo, o Brasil é considerado a localidade de maior concentração de pomeranos que ainda preservam a língua. Os pomeranos se instalaram nos estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Espírito Santo. O maior contingente migratório de descendentes que veio para Rondônia é o capixaba.

 

Durante programação da 8ª Festa da Cultura Pomerana, um concurso elegeu a beleza do povo pomerano

Fonte: Texto: Paulo Sérgio Fotos: Jeferson Mota Secom - Governo de Rondônia