CIDADE NATIVA/Ji-Paraná-RO

Ji-Paraná

Pesquisa revela que JPr tem grande número de motoristas inabilitados

Esse números, considerados absurdos, foram revelados durante a Missa em Memória às Vítimas de Trânsito

Pesquisa do Observatório Nacional de Trânsito aponta o município de Ji-Paraná com um dos mais altos índices de pessoas inabilitadas de Rondônia. A estatística mostra que a frota de veículos local somava, até dezembro do ano passado, 84.837 veículos, desse total, 66.855 condutores são habilitados, o que significa quase 20 mil pessoas estejam conduzindo um automóvel e/ou uma motocicleta ser ter feito a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Esse números, considerados absurdos, foram revelados durante a Missa em Memória às Vítimas de Trânsito, celebrada pelo padre Wanderson Ferreira na igreja de São José, no domingo (19) pela a equipe de Educação de Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), regional de Ji-Paraná.

Durante a Missa em Memória às Vítimas de Trânsito a equipe do Detran, formada pelos educadores, Ivete Alves (palestrante), Marta Luna, Egon Schrippe, Helenice Sales, Vilson Klein, Mayara Galvão e Firmeneto Mendes, ainda revelou que em 2016, foram registrados 697 acidentes com vítimas que sofreram algum tipo de lesão, vítimas não fatais, foram 984, e pessoas que perderam suas vidas no trânsito de Ji-Paraná nos 12 meses daquele ano, somaram 19 mortes.

“São números considerados bastante elevados para uma cidade como a nossa que conta sinalização em quase 90% das vias, e o mais intrigante, acidentes que acontecem justamente nas vias pavimentadas e sinalizadas”, declarou Ivete Alves, coordenadora.

Para o chefe da 3ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), Antônio Borges o número de quase 20 mil pessoas conduzindo seus veículos, sem habilitação, é muito alto e se torna uma eminente perigo às vidas daqueles que procuram, sempre, andar regularizado. O comandante do Grupamento de Bombeiros de Ji-Paraná, tenente BM Dos Santos disse que esse fato quase sempre é observado pelos socorristas no andamento de atender vítimas de acidentes. “É muito assustador esse índice, e infelizmente, o ano ainda não acabou e a probabilidade de termos um número maior de vítimas fatais, é enorme”, alertou.

A educadora, Marta Luna lembrou que quase diariamente a equipe de Educação de Trânsito, em Ji-Paraná, realiza atividades educativas objetivando a conscientização das pessoas em conduzir seus veículos, sempre regularizadas e com muita atenção no trânsito.“Temos uma média de 4 a 7 acidentes diário na nossa cidade, e na maioria das vezes, esses acidentes acontecer por falta de atenção, pressa e desrespeito a legislação de trânsito”, lamentou.

Página:

http://cidadenativa.com.br//noticia/ji-parana/2017/11/30/pesquisa-revela-que-jpr-tem-grande-numero-de-motoristas-inabilitados/2065.html