Em Ouro Preto do Oeste pacientes receberão atendimento e o kit covid-19 já nos primeiros sintomas

Em Ouro Preto do Oeste pacientes receberão atendimento e o kit covid-19 já nos primeiros sintomas
Em Ouro Preto do Oeste pacientes receberão atendimento e o kit covid-19 já nos primeiros sintomas

Os medicamentos serão entregues apenas com prescrição médica. A nova estratégia visa prestar atendimento precoce para evitar o agravamento da doença nos pacientes.

Em live transmitida na manhã desta segunda-feira (6), o prefeito da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, Vagno Gonçalves Barros (Panisoly), juntamente com o secretário municipal de Saúde, Cristiano Ramos, anunciaram uma nova estratégia no combate ao novo coranavírus (covid-19) que passa a ser adotada pelo município.

A medida, segundo o que foi informado, deve-se em razão de o Hospital Regional de Cacoal não estar tendo mais vagas para internar pacientes com covid-19 do município de Ouro Preto do Oeste em situação grave ou até mesmo para aqueles que necessitam de atendimento mais complexo.

De acordo com a nova estratégia, para evitar o agravamento da doença, as pessoas passarão a serem atendidas já nos primeiros dias que apresentarem os sintomas de covid-19. Após consultar o paciente, os médicos irão avaliar que tipo de medicamento irão prescrever, sendo que uma das opções disponíveis nos postos de saúde é o kit covid-19 composto por corticoide, antibióticos e cloroquina.

Outra medida anunciada com bastante destaque durante a live é quanto ao local de atendimento dos pacientes. Ao sentirem qualquer sintoma de covid-19, deverão imediatamente procurar os postos de saúde mais próximos de suas residências. O secretário destacou que as pessoas só devem procurar ajuda no setor de atendimento ao covi-19 no hospital municipal somente em casos extremamente graves, como por exemplo, falta de ar ou febre alta ou durante a noite e final de semana.

Cristiano ressaltou que os médicos dos PSFs estão prontos para atender os pacientes já nos primeiros dias de sintomas. Caso seja necessário, irão prescrever o kit covid-19 e orientar o isolamento dos mesmos. Lembrou ainda que a decisão também visa evitar que as pessoas não precisem se deslocar de seus bairros até o hospital municipal, onde correm o risco de se contaminarem e posteriormente transmitirem o vírus para seus familiares.

Segundo o prefeito, caso não tenha médico no PSF no momento em que a pessoa procurar atendimento, que converse diretamente com o diretor da unidade, uma vez que, de acordo com Vagno Panisoly, todos os diretores foram orientados como deverão agir a partir de agora com os moradores que apresentarem os primeiros sintomas. E alertou que, caso os servidores das unidades de saúde não prestem atendimento conforme foi informado, que deverão fazer denúncia junto à Secretaria de Saúde ou no próprio Gabinete do Prefeito.

O secretário de Saúde enfatizou que, independentemente do atendimento precoce e do uso do kit covid-19, a população deve continuar utilizando máscara de proteção, evitar aglomeração, lavar as mãos com água e sabão e utilizar álcool em gel. “A Saúde e a Administração como um todo estão sempre à disposição para fazer o melhor para a população de Ouro Preto do Oeste. Esperamos que o quanto antes possamos vencer esse vírus que vem assolando toda a população de nosso planeta”, finalizou Cristiano.

 

Por:Gazeta Central