CORONA FEST – Casa flutuante afunda em rio durante aniversário com cerca de 50 pessoas, em RO

CORONA FEST – Casa flutuante afunda em rio durante aniversário com cerca de 50 pessoas, em RO
CORONA FEST – Casa flutuante afunda em rio durante aniversário com cerca de 50 pessoas, em RO

Uma casa flutuante afundou parcialmente no rio Candeias, no último fim de semana, durante uma festa de aniversário clandestina em Candeias do do Jamari, região metropolitana de Porto Velho. O acidente aconteceu durante a noite e cerca de 50 pessoas estavam no local, mas não houve feridos.

À Polícia Civil, o dono da embarcação comunicou que tinha alugado a casa para um grupo realizar um evento no fim de semana. Porém, o empresário afirma que os organizadores colocaram excesso de peso no flutuante.

Entre a noite de sábado (25) e a madrugada de domingo (26) e embarcação partiu ao meio, por causa da quantidade de pessoas em cima, e a casa começou afundar na água.

Segundo o dono da casa flutuante, dentro da casa flutuante havia vários móveis, sendo quatro camas de casal, aparelhos de ar-condicionado, geladeira, cervejeira, fogão industrial, mesas e cadeias. Os eletrodomésticos e objetos afundaram no rio ou foram danificados.

Uma testemunha contou que várias pessoas pularam na água após o flutuante começar a virar. Algumas delas perderam telefones, bolsas e até documentos pessoais.

“O flutuante partiu no meio e afundou…um prejuízo. Quase 50 pessoas estavam nessa barca aí”, disse uma das testemunhas.

Ao G1, o Corpo de Bombeiros informou não ter sido chamado para atender este acidente com embarcação no rio Candeias. Já a 1ª Delegacia de Candeias do Jamari informou estar apurando as causas que determinaram o acidente com a casa flutuante.

Imagens postadas nas redes sociais mostram várias pessoas, horas antes do acidente, participando da festa na casa flutuante.

Foto mostra grupo de pessoas em barca, antes de afundar, em Candeias — Foto: Reprodução/WhatsApp

Foto mostra grupo de pessoas em barca, antes de afundar, em Candeias — Foto: Reprodução/WhatsApp

De acordo com decreto do governo do estado, festas estão proibidas por causa da pandemia de coronavírus.

Fonte: G1